domingo, 10 de outubro de 2010

1º Amostra Hand Made (Fase 1 / Stage 1)



Viva,


Apesar de ter começado uma amostra em balsa inspirada na Z-Claw (projecto suspenso), mudei de tipo de madeira e experimentei o pinho. Escolhi uma régua sem nós e fiz-me a ela. 

A balsa é leve, muito fácil de trabalhar, mas ambas as qualidades não são desejáveis para fazer amostras, pelo menos começa a ser a minha opinião. É demasiado leve e qualquer toque fica tudo marcado ou desbasta demais.

O pinho é muito mais rijo e tem peso. A madeira ideal ainda estou para encontrar. Qualquer coisa entre Faia e Cipreste, Freixo e Amieiro seria óptimo, ou outra ainda a descobrir.

Comecei por fazer um molde em papel inspirado numa Daiwa Shore Line Shiner SL17F. Fi-lo por contorno. 


Com uma serra de recorte (Tico Tico), e uma serra fina da Bosch, recortei as duas metades.


Com arame de aço inox de 0,9mm fiz a armação com as marcações originais da Daiwa. Preguei uns pregos numa pequena tábua nos sítios dos olhais. Depois foi fazer o circuito com o arame.
Talhei em ambos os lados o caminho onde o arame vai passar, fi-lo com a Dremel e com um acessório para talhar em alta rotação. Ficou tosco, mas como não é visível, não há problema. 


Agora o próximo passo é cavar as cavidades onde as esferas irão trabalhar. Mais uma vez analisei as zonas na amostra original e marquei em ambos os lados, os sítios onde as cavidades iriam estar. Com outro acessório da Dremel para fresar, abri os canais.


Coloquei a armação. com seis esferas no meio e duas mais pequenas atrás, colei com cola de madeira branca. Ficaram sobre pressão de molas durante uma noite. O aspecto é o que vê abaixo já depois de um desbaste inicial com a lixa cilíndrica da Dremel.

video


Depois com a faca Portuguesa ali da Benedita, afiada no esmeril e depois na pedra de amolar, comecei a talhar para dar forma à amostra.




video

Depois voltei à Dremel com a lixa cilíndrica e rectifiquei e terminei a forma. O acabamento foi feito à mão com lixa 240.

Os próximos passos são ainda passar mais lixa e depois a fita de alumínio e as pinturas e olhos, que é a fase mais critica e que dita o aspecto final.

Abraços.




3 comentários:

  1. hã Fernando

    essa menina está a ficar com bom aspecto.
    parabéns.... agora quero-a ver terminada.

    1 abraço

    ResponderEliminar
  2. Zé, agora vem a parte difícil..a pintura e acabamentos.Vamos ver!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Great Work! we wait the progress!!!

    saluti :)

    ResponderEliminar